Qual é o seu combustível?

Qual é o seu combustível?

Numa época de busca por uma nova matriz energética, o cristão continua com a de sempre; “o poder do Espírito Santo” (Rm 15:19).

Eu tenho compartilhado alguns pilares de uma vida impactante nos meus últimos blogs. A vida impactante engloba uma morte impactante. O ser humano rejeita a idéia da morte e tenta postergá-la no máximo possível. Isso acontece, em parte, por causa do medo do desconhecido. Mas, o outro lado dessa moeda é que o homem quer deixar sua marca nesse mundo. Ele acha que se construir grandes monumentos, fizer descobertas mirabolantes, doar quantidades impressionantes e chamar a atenção para si o suficiente, sua memória não cairá no esquecimento.

O fato, entretanto, é que ninguém pode mudar essa realidade. Nascemos para morrer! Agora, talvez a morte mais difícil de se encarar é a morte do “eu”. Jesus, quando fala sobre sua própria morte no evangelho de João, diz que “se o grão de trigo , caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, produz muito fruto” (Jo 12:24). Uma vida sem “muito fruto” jamais será impactante. Mas, para produzir muito fruto, a morte tem de acontecer primeiro. O grão precisa cair na terra. O meu “eu” tem de entrar em contato com o “humus” que é a raiz da “humildade”.

Na humildade, eu aprendo a depender de Deus. Na humildade, eu não vivo mais baseado nas minhas forças, mas no poder do Espírito Santo. Como é que eu sei que já morri para o meu “eu” e meu combustível agora é o poder do Espírito Santo? Duas coisas: Eu estou sendo transformado dia a dia! Eu estou ajudando na transformação de outros dia a dia!

Vida impactante é isso aí! Viver uma transformação diária e ajudar outros a serem transformados no poder do Espírito Santo!

Antenor